Sábado, 17 de Janeiro de 2015

Miguel Esteves Cardoso - Como é que se esquece alguém que se ama

Miguel Esteves Cardoso

Como é que se esquece alguém que se ama? Como é que se esquece alguém que nos faz falta e que nos custa mais lembrar que viver? Quando alguém se vai embora de repente como é que se faz para ficar? Quando alguém morre, quando alguém se separa - como é que se faz quando a pessoa de quem se precisa já lá não está? 


As pessoas têm de morrer; os amores de acabar. As pessoas têm de partir, os sítios têm de ficar longe uns dos outros, os tempos têm de mudar Sim, mas como se faz? Como se esquece? Devagar. É preciso esquecer devagar. Se uma pessoa tenta esquecer-se de repente, a outra pode ficar-lhe para sempre. Podem pôr-se processos e acções de despejo a quem se tem no coração, fazer os maiores escarcéus, entrar nas maiores peixeiradas, mas não se podem despejar de repente. Elas não saem de lá. Estúpidas! É preciso aguentar. Já ninguém está para isso, mas é preciso aguentar. A primeira parte de qualquer cura é aceitar-se que se está doente. É preciso paciência. O pior é que vivemos tempos imediatos em que já ninguém aguenta nada. Ninguém aguenta a dor. De cabeça ou do coração. Ninguém aguenta estar triste. Ninguém aguenta estar sozinho. Tomam-se conselhos e comprimidos. Procuram-se escapes e alternativas. Mas a tristeza só há-de passar entristecendo-se. Não se pode esquecer alguem antes de terminar de lembrá-lo. Quem procura evitar o luto, prolonga-o no tempo e desonra-o na alma. A saudade é uma dor que pode passar depois de devidamente doída, devidamente honrada. É uma dor que é preciso aceitar, primeiro, aceitar. 


É preciso aceitar esta mágoa esta moinha, que nos despedaça o coração e que nos mói mesmo e que nos dá cabo do juízo. É preciso aceitar o amor e a morte, a separação e a tristeza, a falta de lógica, a falta de justiça, a falta de solução. Quantos problemas do mundo seriam menos pesados se tivessem apenas o peso que têm em si , isto é, se os livrássemos da carga que lhes damos, aceitando que não têm solução. 


Não adianta fugir com o rabo à seringa. Muitas vezes nem há seringa. Nem injecção. Nem remédio. Nem conhecimento certo da doença de que se padece. Muitas vezes só existe a agulha. 


Dizem-nos, para esquecer, para ocupar a cabeça, para trabalhar mais, para distrair a vista, para nos divertirmos mais, mas quanto mais conseguimos fugir, mais temos mais tarde de enfrentar. Fica tudo à nossa espera. Acumula-se-nos tudo na alma, fica tudo desarrumado. 


O esquecimento não tem arte. Os momentos de esquecimento, conseguidos com grande custo, com comprimidos e amigos e livros e copos, pagam-se depois em condoídas lembranças a dobrar. Para esquecer é preciso deixar correr o coração, de lembrança em lembrança, na esperança de ele se cansar. 

Miguel Esteves Cardoso, in 'Último Volume'


publicado por olhar para o mundo às 21:14
link do post | comentar | favorito
|
72 comentários:
De Ana a 18 de Maio de 2017 às 20:36
Fabuloso!!!
De Aida Santareno a 23 de Maio de 2017 às 12:21
Bom dia!

Só esquece quem nunca passou pela dor de perder uma pessoa muito querida. Não dá para fingir que ela já não lá que há um vazio,
uma saudade que doí e até sufoca. Não há maneira de fugir, tem de se aprender a viver novamente.
De Anónimo a 24 de Maio de 2017 às 22:32
verdade verdadinha!!! :)
De António Louro a 24 de Maio de 2017 às 23:48
Belo texto, pois dá que pensar. Ninguém escapa a isto!
Muitos fingem que já esqueceram, mas isso não passa de auto ilusão.
Não se pode esquecer um amor...porque o amor não se esquece. Pode ficar guardado num recanto do coração ou do cérebro...mas não se consegue tirar de lá.
Senão não seria amor...
De David Paiva a 25 de Maio de 2017 às 10:35
Completamente de acordo. Sentimentos não se esquecem
De Paula Trigueiros a 25 de Maio de 2017 às 13:25
Muito bem dito. .como de costume. Parabéns e obrigada por explicar o que eu gostaria de saber dizer. ..
De Anónimo a 30 de Maio de 2017 às 06:03
Só pode escrever assim quem já se deu o tempo de sofrer...
De Anónimo a 19 de Junho de 2017 às 14:35
É único na forma simples como escreve sentimentos complicados. Obrigado
De Anónimo a 21 de Junho de 2017 às 14:48
Verdade ,que muitas custa muito a aceitar e compreender.

Comentar post

Direitos de Autor


Todas as imagens que estão no blog foram retiradas do Facebook, muitas delas não tem referência ao autor ou à sua origem, se porventura acha que tem direitos sobre alguma e o conseguir provar, por favor avise-me que será retirada de imediato.

.mais sobre mim

.pesquisar

 










Direitos de Autor


Todas as imagens que estão no blog foram retiradas do Facebook, muitas delas não tem referência ao autor ou à sua origem, se porventura acha que tem direitos sobre alguma e o conseguir provar, por favor avise-me que será retirada de imediato

.posts recentes

. Frases de Augusto Cury no...

. Frases do Facebook - O qu...

. Frases do Facebook - A al...

. 24 de Junho - Dia naciona...

. Dia nacional das comunida...

. Frases do Facebook - Com ...

. Frases do Facebook - A me...

. Frases de Eleanor Rooseve...

. Frases do Facebook - O mu...

. Incentivo ao incentivo à ...

.mais comentados

.últ. comentários

Verdade ,que muitas custa muito a aceitar e compre...
É único na forma simples como escreve sentimentos ...
E diz você que o tonto é o MEC... Caso para dizer:...
A amizade é tudo o que há de mais belo... pode se...
Só pode escrever assim quem já se deu o tempo de s...
Muito bem dito. .como de costume. Parabéns e obrig...
Completamente de acordo. Sentimentos não se esquec...
Belo texto, pois dá que pensar. Ninguém escapa a i...
verdade verdadinha!!! :)
Bom dia!Só esquece quem nunca passou pela dor de p...

.tags

. imagem

. facebook

. frases

. pensamentos

. vídeo

. música

. lyrics

. letra

. vida

. textos

. amor

. humor

. anedota

. piada

. pessoas

. mulher

. imagens do facebook

. cartoon

. felicidade

. amar

. miguel esteves cardoso

. coração

. homem

. imagens

. mulheres

. tempo

. viver

. poesia

. crianças

. política

. mundo

. fernando pessoa

. mia couto

. educação

. poema

. ser feliz

. filhos

. sonhos

. criança

. aprender

. natal

. mãe

. palavras

. liberdade

. pensar

. animais

. medo

. pensamento

. amigos

. portugal

. silêncio

. paz

. caminho

. respeito

. alma

. dinheiro

. mafalda

. clarice lispector

. josé saramago

. ser

. recados

. ricardo araújo pereira

. amizade

. coragem

. morte

. país

. sorrir

. dor

. homens

. mudar

. beleza

. fazer

. feliz

. passado

. povo

. religião

. sentimentos

. verdade

. escolhas

. pais

. coisas

. cultura

. desistir

. falar

. livros

. adopção

. dia dos namorados

. educar

. sabedoria

. chuva

. gente

. osho

. sexy

. augusto cury

. josé luís nunes martins

. pessoa

. saudade

. amigo

. carácter

. deus

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds