Sábado, 31 de Outubro de 2015

Frases do Facebook - Não tenho medo de errar, tenho medo de cometer os mesmos erros

Errar

 

 

Não tenho medo de errar, tenho medo de cometer os mesmos erros


publicado por olhar para o mundo às 21:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - Como se mantém um casamento durante 65 anos?

Casamentos

 

 

Como se mantém um casamento durante 65 anos?

- Meu filho, nós nascemos numa época em que quando algo quebrava, éramos ensinados a consertar, não a deitar fora


publicado por olhar para o mundo às 17:13
link do post | comentar | favorito

As bruxas no Facebook - As bruxas em geral são assim, não estão interessadas nas coisas ou nas pessoas, mas na utilidade eventual destas

as_cronicas_de_narnia_quot_as_bruxas_em_g_wl.jpg

 

As bruxas em geral são assim, não estão interessadas nas coisas ou nas pessoas, mas na utilidade eventual destas

 


publicado por olhar para o mundo às 15:13
link do post | comentar | favorito

O Halloween no Facebook - Que hoje, todos os bons pensamentos se façam realidade como se fossem movidos por varinhas de condão

halloween.gif

 

 Que hoje, todos os bons pensamentos se façam realidade como se fossem movidos por varinhas de condão

Happy Halloween

 


publicado por olhar para o mundo às 13:13
link do post | comentar | favorito

Honoré Balzac no Facebook - O amor é a poesia dos sentidos. Ou é sublime, ou não existe

Amor

 

O amor é a poesia dos sentidos. Ou é sublime, ou não existe. Quando existe, existe para sempre e vai crescendo dia a dia

 

Honoré Balzac


publicado por olhar para o mundo às 12:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - Existem as bruxas do bem e as bruxas do mal, todas as mulheres são bruxas

-todas-as-mulheres-so-bruxas_MLB-O-2874187571_0720

 

Existem as bruxas do bem e as bruxas do mal, todas as mulheres são bruxas

 


publicado por olhar para o mundo às 11:13
link do post | comentar | favorito

As bruxas no Facebook - Não gosto da vida em banho-maria, gosto de fogo, alho, ervas, por um triz não sou uma bruxa

bruxa.jpg

 

Não gosto da vida em banho-maria, gosto de fogo, alho, ervas, por um triz não sou uma bruxa

 


publicado por olhar para o mundo às 10:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - Depois dos 40 não há depois: é tudo agora

40.jpg

 

Depois dos 40 não há depois: é tudo agora

 


publicado por olhar para o mundo às 09:13
link do post | comentar | favorito

BENJAMIN CLEMENTINE - CORNERSTONE

 

Letra

 

I am alone in a box of stone
When all is said and done
As the wind blows to the east from the west
Unto this bed, my tears have their solemn rest

I am lonely, alone in a box of stone
They claim they loved me but they all lieing
I am lonely alone in a box of my own
And this is the place, I now belong

Its my home, home, home, home home home home home x2

It wasnt easy getting used to this
I use to scream
Its not true, that its only when the door is locked
That nobody enters
Cuz mine has been open till your demise
But none had come, well who am I
What have I done wrong?

Ive been lonely, alone in a box of my stone
They claim to be near me but they were all lying, its not true
Ive been lonely, alone in a box of my stone
This is the place I know I now belong

Its my home, home, home, home home home home home x2

Friends, I have met
Lovers have slept and wept
Promises to stay had never been kept
This bare truth of which most wont share
I hope you share, I hope you share

Cuz I have been lonely
Alone in a box of my own
They claim to love me and be near me
But they are all lieing
I have been lonely, alone in a box of my stone
And this is the place I now know I belong

Its my home, home, home, home home home home home x2

 


publicado por olhar para o mundo às 01:13
link do post | comentar | favorito (1)
Sexta-feira, 30 de Outubro de 2015

Bruno Gaspar no Facebook - Toda criança adoptada por um casal gay, foi gerada e abandonada por um Hetero

Criança

 

Toda criança adoptada por um casal gay, foi gerada e abandonada por um Hetero

Bruno Gaspar


publicado por olhar para o mundo às 21:13
link do post | comentar | favorito

Miguel Esteves Cardoso no Facebook - Sem um amor não vive ninguém

Miguel Esteves Cardoso

 

 

Sem um amor não vive ninguém. Pode ser um amor sem razão, sem morada, sem nome sequer. Mas tem de ser um amor. Não tem de ser lindo, impossível, inaugural. Apenas tem de ser verdadeiro.

 

Miguel Esteves Cardoso


publicado por olhar para o mundo às 17:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - Acupunctura para emagrecer

Acupuntura

 

 

Acupunctura para emagrecer


publicado por olhar para o mundo às 12:13
link do post | comentar | favorito

MIRRI LOBO - Encomenda de terra

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 


publicado por olhar para o mundo às 10:13
link do post | comentar | favorito

Miguel Torga - É Preciso Regressar ao Amigo Íntimo

 

É Preciso Regressar ao Amigo Íntimo

Custa, mas o melhor é ver o problema a toda a luz. No conceito do homem abstracto é necessário afinal meter tanto estrume, que não há entusiasmo que resista. Feito de mil incoerências, movido por sentimentos ocasionais, preso a necessidades rudimentares, o bípede real, ao ser premido no molde da abstracção, rebenta a forma. E é preciso regressar ao amigo íntimo, ao compadre, para se calcar terra firme. Numa palavra: não há um homem-símbolo que se possa venerar: há simples indivíduos cujas virtudes e defeitos toleram um convívio social urbano.

Miguel Torga, in "Diário (1948)"
 
Retirado de Citador

publicado por olhar para o mundo às 09:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - Perco a noção do tempo, mas nunca o sentido da vida...

Perder

 

 

Perco a noção do tempo, mas nunca o sentido da vida...

Perco as pessoas que amo, mas nunca o amor por elas...

Perco vários colegas, mas nunca os verdadeiros amigos...

Perco a coragem, mas nunca perco a fé...

E mesmo que eu perca tudo,

nunca perco a esperança de ter tudo outra vez!


   Zé Malluko


publicado por olhar para o mundo às 08:13
link do post | comentar | favorito

Seinabo Sey - Poetic

 

Letra

 

I'll mark your every word
I'll wear the smile you gave me
Somehow it seemed you saved me
And if I'm about to fall
May I go out like this
May I go out like this

And I've tried to make it more poetic
But it's only easy if you let it
I swear that you will never regret it
I swear that you will never regret it

When all the chips are down
And you're not the hottest thing around town
You'll need a hand to safely
Walk you through the maze
We'll be lost here all the same
Be lost here all the same

And I've tried to make it more poetic
But it's only easy if you let it
I swear that you will never regret it
I swear that you will never regret it

I'll lose my breath for you
And I don't want it back
All that I have is yours
Run to the moon and back
So I can prove the fact
I'll lose my breath for you
And I don't want it back
All that I have is yours
Run to the moon and back
So I can prove the fact

So if you give me this one chance
I'll show you how I see you
When memories decieve you
Right here is where I stand
I hope you understand
I hope you understand

And I've tried to make it more poetic
But it's only easy if you let it
I swear that you will never regret it
I swear that you will never regret it
And I've tried to make it more poetic
But it's only easy if you let it
I swear that you will never regret it
I swear that you will never regret it

 


publicado por olhar para o mundo às 01:13
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 29 de Outubro de 2015

O Halloween no Facebook

hallowen.jpeg

 

O Halloween no Facebook

 


publicado por olhar para o mundo às 22:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - Ama-me quando menos mereço pois é quando mais preciso

Ama-me quando menos mereço

 

Ama-me quando menos mereço pois é quando mais preciso


publicado por olhar para o mundo às 21:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - chique é ser feliz, elegante é ser honesto,

Inversão de valores

 

 

chique é ser feliz,

elegante é ser honesto,

bonito é ser caridoso,

charmoso é ser grato,

o resto é apenas inversão de valores


publicado por olhar para o mundo às 17:13
link do post | comentar | favorito

Martha Medeiros no Facebook - Morre lentamente

Morre lentamente

 

 

A Morte Devagar


Morre lentamente quem não troca de idéias, não troca de discurso, evita as próprias contradições.


Morre lentamente quem vira escravo do hábito, repetindo todos os dias o mesmo trajeto e as mesmas compras no supermercado. Quem não troca de marca, não arrisca vestir uma cor nova, não dá papo para quem não conhece.


Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru e seu parceiro diário. Muitos não podem comprar um livro ou uma entrada de cinema, mas muitos podem, e ainda assim alienam-se diante de um tubo de imagens que traz informação e entretenimento, mas que não deveria, mesmo com apenas 14 polegadas, ocupar tanto espaço em uma vida.


Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o preto no branco e os pingos nos is a um turbilhão de emoções indomáveis, justamente as que resgatam brilho nos olhos, sorrisos e soluços, coração aos tropeços, sentimentos.


Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz no trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto atrás de um sonho, quem não se permite, uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.


Morre lentamente quem não viaja quem não lê quem não ouve música, quem não acha graça de si mesmo.


Morre lentamente quem destrói seu amor-próprio. Pode ser depressão, que é doença séria e requer ajuda profissional. Então fenece a cada dia quem não se deixa ajudar.


Morre lentamente quem não trabalha e quem não estuda, e na maioria das vezes isso não é opção e, sim, destino: então um governo omisso pode matar lentamente uma boa parcela da população.


Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da má sorte ou da chuva incessante, desistindo de um projeto antes de iniciá-lo, não perguntando sobre um assunto que desconhece e não respondendo quando lhe indagam o que sabe.


Morre muita gente lentamente, e esta é a morte mais ingrata e traiçoeira, pois quando ela se aproxima de verdade, aí já estamos muito destreinados para percorrer o pouco tempo restante. Que amanhã, portanto, demore muito para ser o nosso dia. Já que não podemos evitar um final repentino, que ao menos evitemos a morte em suaves prestações, lembrando sempre que estar vivo exige um esforço bem maior do que simplesmente respirar.

 

Martha Medeiros


publicado por olhar para o mundo às 12:13
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Adoptar rima com amar

Adoptar rima com amar

Adoptar rima com amar

Eu acredito nas pessoas e acima de tudo no amor. Homossexuais ou não, pouco me importa, o que me importa é que são pessoas que amam e podem amar. E muito

Sou psicóloga. Já me perguntaram qual é a minha a opinião sobre a adopção/co-adopção por casais homossexuais. E a minha resposta é tão natural como o facto de me levantar todos os dias. Sou a favor! E há quem faça um ar espantado e até chocado. E pronto! Começa aqui a bola de explicações de pontos de vista.

 

Há certos assuntos, que não me atrevo a comentar, sem pensar e reflectir sobre eles. Considero-os demasiado sérios, para serem falados que nem conversa de café. Para além disto, estes assuntos, e principalmente a opinião que temos sobre eles, definem uma parte do que somos e queremos ser enquanto seres humanos neste mundo. Por isso, só depois de algumas conversas com os meus botões é que comecei a dar a minha opinião sobre este assunto.

 

Sou a favor da adopção de crianças por casais homossexuais, tal como sou a favor de qualquer casal ou pessoa, que decide num dos maiores gestos de amor que existem, adoptar uma criança e torná-la sua. Tão sua, que as relações de amor fazem esquecer qualquer não relação biológica.

 

Acredito que o amor é a base de tudo. Como tal, apoio as pessoas que alimentam com amor o crescimento de uma criança. Aliás, não digo nada que não tenha sido enunciado na teoria da vinculação de Bowlby e Ainsworth, que realçam a ligação entre a qualidade da vinculação durante a infância e as várias áreas do desenvolvimento social, cognitivo e emocional. A vinculação, neste contexto, é a necessidade de os indivíduos desenvolverem ligações afectivas de proximidade, com o objectivo de atingirem a segurança, que permite a exploração do eu, dos outros e do mundo, com confiança. Este processo influencia o desenvolvimento em geral e a saúde mental em particular.

 

E dizem vocês: “Isso é muito bonito, mas e quando as crianças forem para a escola? Vão ser vítimas de preconceito!”. Talvez. Mas cabe a nós, ao sistema social e à escola combater o preconceito e lidar com a questão de uma forma simples. Porque não juntar os meninos para fazer um trabalho sobre famílias, ou porque não contar uma história em que o/a protagonista, são filhos de pais homossexuais, ou só de um pai? Porque não explicar que todos somos diferentes?

 

Eu gosto de pão, o Zé não. Eu gosto de rapazes com pinta de surfistas, a Ana de raparigas com ar intelectual. E vocês acrescentam: “Mas se a criança tem pais homossexuais, vai ser homossexual” E vocês? São iguais aos vossos pais? Gostam de tudo o que eles gostam? Dizem tudo o que eles dizem? Então os filhos de pais criminosos, drogados, médicos ou advogados, também o vão ser, certo?

 

Concordo com uma análise e um acompanhamento de todos os casos de adopção, no sentido de ver se a família, seja de que tipo for, está preparada e tem condições para fazer crescer saudavelmente uma criança. Não estou de acordo com o facto de as crianças ficarem institucionalizadas, muitas vezes sem carinho, amor e sem perspectivas de futuro.

 

Eu acredito nas pessoas e acima de tudo no amor. Homossexuais ou não, pouco me importa, o que me importa é que são pessoas que amam e podem amar. E muito.

 

Isabel Cunha

 

Retirado do P3


publicado por olhar para o mundo às 09:13
link do post | comentar | favorito

A criança negra, com pele negra, com olhos negros Cabelos crespos ou cacheados é uma criança.

Criança negra

 

 

Cada face é um milagre 

A criança negra, com pele negra, com olhos negros 
Cabelos crespos ou cacheados é uma criança. 

A criança branca, com pele rosada, com olhos azuis ou verdes 
Cabelos loiros e reto, é uma criança. 

Um ou outro, preto e branco, tem o mesmo sorriso 
Quando uma mão acariciar seu rosto, 
quando o olhamos com amor 
E lhe fala com ternura. 

Eles farão as mesmas lágrimas, se eles estão chateados, 
Se você machucá-los. 

Não há duas faces absolutamente idênticos 
Cada face é um milagre, porque é único. 

Duas faces pode assemelhar-se 
Mas nunca vai ser a mesma coisa. 
A vida é mesmo esse milagre. 
Este movimento constante e em movimento 
E nunca reproduziu o mesmo rosto. 

Viver juntos é uma aventura onde o amor, 
A amizade é um belo encontro com o que não é comigo, 
Que é sempre diferente de mim e me enriquece. 

Tahar Ben Jelloun 
Mots et merveilles
*MFC


publicado por olhar para o mundo às 08:13
link do post | comentar | favorito

Hoy - Gloria Estefan

 

 

Letra

 

Hoy - Gloria Estefan 

Tengo marcado en el pecho, 
todos los días que el tiempo 
no me dejó estar aquí. 
Tengo una fe que madura, 
que va conmigo y me cura 
desde que te conocí. 
Tengo una huella perdida 
entre tu sombra y la mía, 
que no me deja mentir. 
Soy una moneda en la fuente; 
tú mi deseo pendiente 
mis ganas de revivir. 
Tengo una mañana constante
y una acuarela esperando 
verte pintado de azul. 
Tengo tu amor y tu suerte 
y un caminito empinado. 
Tengo el mar del otro lado: 
tú eres mi norte y mi sur 

(Coro) 
Hoy voy a verte de nuevo 
voy a envolverme en tu ropa, 
susúrrame en tu silencio 
cuando me veas llegar. 
Hoy voy a verte de nuevo, 
voy a alegrar tu tristeza: 
vamos a hacer una fiesta 
pa' que este amor crezca más. 

Tengo una frase colgada, 
entre mi boca y mi almohada, 
que me desnuda ante ti. 
Tengo una playa y un pueblo 
que me acompañan de noche 
cuando no estas junto a mí. 
Tengo una mañana constante
y una acuarela esperando 
verte pintado de azul. 
Tengo tu amor y tu suerte 
y un caminito empinado. 
Tengo el mar del otro lado: 
tú eres mi norte y mi sur. 

(Repetir coro)


publicado por olhar para o mundo às 01:13
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 28 de Outubro de 2015

O halloween no Facebook - Amigas, Conduzam com cuidado nestas festas

bruxas.jpg

 

Amigas, Conduzam com muito cuidado nestas festas

Amigas, manejem con mucho cuidado durante estas fiestas

 


publicado por olhar para o mundo às 22:13
link do post | comentar | favorito

Buda no Facebook - A verdade está dentro de ti

A verdade

 

 

A verdade está dentro de ti

 

Buda


publicado por olhar para o mundo às 21:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - Não mexas no meu silêncio se não conseguires lidar com o meu barulho

Não mexas no meu silêncio se não conseguires lidar com o meu barulho

 

Não mexas no meu silêncio se não conseguires lidar com o meu barulho


publicado por olhar para o mundo às 17:13
link do post | comentar | favorito

Buda no Facebook - O conflito não é entre o bem e o mal, é entre o conhecimento e a ignorância

O conflicto não é entre o bem e o mal, é entre o conhecimento e a ignorância

 

 

O conflito não é entre o bem e o mal, é entre o conhecimento e a ignorância

 

Buda


publicado por olhar para o mundo às 12:13
link do post | comentar | favorito

Neuza - Zé di Nha Mina

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 


publicado por olhar para o mundo às 10:13
link do post | comentar | favorito

Fernanda Cancio - Referendar o horror

fernandacancio.jpg

 

 

Percebo o horror com que alguns terão visto em maio a aprovação do projeto de lei sobre coadoção em casais do mesmo sexo. Terá sido um choque darem-se conta da existência, entre nós, de casais do mesmo sexo com crianças. É compreensível: são crianças iguais a todas as outras, não andam por aí com uma cruz na testa ou na lapela. Não há notícias de tumultos nas escolas que frequentam, nos prédios e nas ruas onde vivem com a família. Aliás, até há muito pouco tempo, não havia notícias: podia acreditar--se que estas crianças não existem.


Quem se habituou a pensar assim, quem gosta de pensar assim, prefere agarrar-se a essa ideia. É por esse motivo que de cada vez que se fala de coadoção em casais do mesmo sexo - a possibilidade de um dos cônjuges solicitar a um tribunal que lhe permita adotar o filho, biológico ou adotivo, do outro cônjuge, filho esse que vive com os dois, que é criado pelos dois e chama mãe ou pai aos dois (e que não pode ter mais nenhuma mãe ou pai reconhecido pela lei, porque se tiver a coadoção é interdita) - há quem fale de adoção por casais do mesmo sexo. Conduzir o debate para a possibilidade de adotar, em conjunto, uma criança disponível para tal e até aí sem laços com o casal permite dizer coisas como "as crianças devem ter direito a um pai e a uma mãe"; "a adoção não é um direito dos adultos, é um direito das crianças"; "não sabemos o efeito numa criança de ser criada por dois pais e duas mães, por isso é melhor não arriscar" - etc. Sobretudo, permite fingir que se está a pôr acima de tudo a preocupação com as crianças, quando a intenção é a contrária.


Negar a determinadas crianças o direito de gozar da proteção que lhes confere o reconhecimento legal de dois progenitores em vez de um: é isso que quer quem recusa a coadoção em casais de pessoas do mesmo sexo. Tem um tal horror aos homossexuais que não hesita em sacrificar o bem-estar muito concreto das crianças muito concretas que com eles vivem. Como bem sabe que isso é vergonhoso, finge estar a tentar impedir que "se entreguem crianças a homossexuais" e pede um referendo "para a sociedade decidir".


Entendamo-nos: as crianças em causa na lei da coadoção nunca vão ter "um pai e uma mãe". Têm duas mães ou dois pais e tê-los-ão sempre - quer a lei lhos reconheça ou não. Não está em causa decidir com quem essas crianças vivem, quem vai educá-las e amá-las e quem elas vão amar. Essa decisão não nos pertence. A nossa opção é entre aceitar e proteger essas famílias ou rejeitá--las e persegui-las. Entre dizer a essas crianças "a tua família é tão boa como as outras" ou "a tua família não presta". Referende-se então isso: "Tem tanto horror aos homossexuais que deseja que a sociedade portuguesa decida em referendo discriminar os filhos deles ou acha que a lei portuguesa deve deixar, o mais depressa possível, de fingir que essas crianças não existem e o Parlamento lhes deve garantir os direitos que lhes faltam?"

 

Fernanda Cancio

 

Retirado do Dn


publicado por olhar para o mundo às 09:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - Nunca te queixes daquilo que os teus pais não te puderam dar

Pais

 

 

Nunca te queixes daquilo que os teus pais não te puderam dar

eles deram sempre o melhor que tinham


publicado por olhar para o mundo às 08:13
link do post | comentar | favorito

Direitos de Autor


Todas as imagens que estão no blog foram retiradas do Facebook, muitas delas não tem referência ao autor ou à sua origem, se porventura acha que tem direitos sobre alguma e o conseguir provar, por favor avise-me que será retirada de imediato.

.mais sobre mim

.pesquisar

 










Direitos de Autor


Todas as imagens que estão no blog foram retiradas do Facebook, muitas delas não tem referência ao autor ou à sua origem, se porventura acha que tem direitos sobre alguma e o conseguir provar, por favor avise-me que será retirada de imediato

.posts recentes

. O blog mudou de casa

. Gregory Porter - Smile

. Luis Fonsi, Demi Lovato -...

. Frases do Facebook - às v...

. Frases do Facebook - Nunc...

. Frases do Facebook - Resp...

. Frases de Albert Einstein...

. Frases do Facebook - Há p...

. Frases do Facebook - Seja...

. Recados do Facebook - Por...

.mais comentados

.últ. comentários

Lamento mas o texto não é de Santo Agostinhohttp:/...
Ola Jorge,Muito grata por sua pronta resposta e po...
OláJá corrigi o post e atribuí o nome correcto na ...
Olá, quero deixar registrado aqui que esta frase d...
Um grande politico.Uma grande perda para Portugal.
Verdade Universal.
É como eu tenho dito e inclusive escrito sobre ist...
Perdi meu marido há quanto meses.ainda tenho tudo ...
Muitíssimo bom!
Como eu entendo. A minha bisavó tinha 103.chorei e...

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

.tags

. imagem

. facebook

. frases

. pensamentos

. vídeo

. música

. lyrics

. letra

. vida

. textos

. amor

. humor

. anedota

. piada

. pessoas

. mulher

. imagens do facebook

. cartoon

. felicidade

. amar

. coração

. homem

. miguel esteves cardoso

. viver

. tempo

. mia couto

. mulheres

. imagens

. poesia

. mundo

. ser feliz

. crianças

. política

. fernando pessoa

. educação

. filhos

. poema

. sonhos

. aprender

. criança

. mãe

. animais

. palavras

. pensar

. liberdade

. medo

. natal

. respeito

. silêncio

. caminho

. amigos

. pensamento

. paz

. portugal

. dinheiro

. ser

. alma

. clarice lispector

. dor

. sorrir

. josé saramago

. mafalda

. mudar

. coragem

. passado

. recados

. amizade

. desistir

. escolhas

. beleza

. morte

. ricardo araújo pereira

. falar

. fazer

. feliz

. homens

. país

. pais

. coisas

. cultura

. povo

. religião

. sabedoria

. sentimentos

. verdade

. educar

. livros

. sorriso

. chuva

. ensinar

. problemas

. saudade

. acreditar

. olhar

. osho

. pessoa

. sentir

. abraço

. adopção

. chorar

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds