Sexta-feira, 27 de Novembro de 2015

José Saramago no Facebook - A felicidade consiste em dar passos em direcção a si próprio

Felicidade

 

 

 

A felicidade consiste em dar passos em direcção a si próprio

José Saramago

publicado por olhar para o mundo às 08:13
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 26 de Novembro de 2015

Paulo Coelho no Facebook - Estradas rectas não criam motoristas habilidosos

Straight roads do not make skilful drivers

 

Estradas rectas não criam motoristas habilidosos

 

Straight roads do not make skilful drivers

 

Paulo Coelho

publicado por olhar para o mundo às 21:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - Enquanto a minha consciência estiver limpa, o pensamento alheio não me interessa

Consciência

 

Enquanto a minha consciência estiver limpa, o pensamento alheio não me interessa

publicado por olhar para o mundo às 17:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - Imagina uma nova história para a tua vida e acredita nela

Imagine

 

Imagina uma nova história para a tua vida e acredita nela

publicado por olhar para o mundo às 12:13
link do post | comentar | favorito

DYGO BOY - A CARTA

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

publicado por olhar para o mundo às 10:13
link do post | comentar | favorito

José Luís Nunes Martins - A Morte que Trazemos no Coração

 

A Morte que Trazemos no Coração

É no coração que morremos. É aí que a morte habita.

Nem sempre nos damos conta que a carregamos connosco, mas, desde que somos vida, ela segue-nos de perto. Enquanto não somos tomados pela nossa, vamos assistindo e sentindo, em ritmo crescente ao longo da vida, às mortes de quem nos é querido. A morte de um amigo é como uma amputação: perdemos uma parte de nós; uma fonte de amor; alguém que dava sentido à nossa existência... porque despertava o amor em nós.

Mas não há sabedoria alguma, cultura ou religião, que não parta do princípio de que a realidade é composta por dois mundos: um, a que temos acesso direto e, outro, que não passa pelos sentidos, a ele se chega através do coração. Contudo, o visível e o invisível misturam-se de forma misteriosa, ao ponto de se confundirem e, como alguns chegam a compreender, não serem já dois mundos, mas um só.

Só as pessoas que amamos morrem. Só a sua morte é absoluta separação. Os estranhos, com vidas com as quais não nos cruzamos, não morrem, porque, para nós, de facto, não chegam sequer a ser.

Só as pessoas que amamos não morrem. O Amor é mais forte do que a morte. O sofrimento que se sente é a prova de uma união que subsiste, agora com uma outra forma, composta apenas de... Amor. Dói, muito. Mas com a ajuda dos que partem acabamos por sentir que, afinal, não fomos separados para sempre...

O Amor faz com que a nossa vida continue a ter sentido. A partida dos que foram antes de nós ensina-nos a viver melhor, de forma mais séria, mais profunda, de uma forma, inequivocamente, mais autêntica.

Devemos cuidar de todos os que amamos. Aos que partiram, porém, aquilo que lhes podemos dar é o amor àqueles que ficaram cá. Porque estes continuam a precisar de nós, do melhor de nós... e é sempre uma iniquidade quando um amor por quem partiu mata, em alguém, o amor por aqueles que ainda cá estão.

A morte ensina-nos que o Amor é perdoar mais do que vingar; consolar mais do que ser consolado; partilhar mais do que acumular; compreender mais do que julgar; dar, darmo-nos, oferecer o melhor de nós, mais do que termos o que sonhámos.

Não é difícil compreender que os nossos sentimentos e gestos são determinantes, não só para a nossa felicidade neste mundo, como também para a da outra vida, de que esta faz parte. Repousa em nós, calma e firme, a certeza de que a vida não se mede pela quantidade dos dias... mas pelo amor de que se foi autor e herói.

... chorar a morte de um amigo é a prova de que a sua vida, aqui, teve valor e sentido. É o mesmo amor que nos deu alegria à vida que nos faz, agora, chorar... não desapareceu, está vivo. Habita-nos o coração.

Ficam as lágrimas choradas no silêncio do fundo de nós. Fica o silêncio onde se ama.

Fica a esperança, que é certeza, de que todo o carinho e ternura que ficaram por dar não se perderam... adiaram-se apenas.

Afinal, a mesma morte que leva os que amamos, também nos levará a nós... será pois uma simples questão de tempo até que possamos abraçar e beijar aqueles a quem, agora, disso a morte nos impede.

No fundo do nosso coração, bem mais fundo do que a morte em nós, está Deus.

A Deus peço a confiança na eternidade do Amor; a Deus peço que ajude os que neste momento sofrem a dor do espinho que a morte crava; a Deus peço que me continue a ensinar e a ajudar a Amar com todas as forças de que sou capaz. A-Deus.

José Luís Nunes Martins, in 'Filosofias - 79 Reflexões'
 
Retirado de Citador
publicado por olhar para o mundo às 09:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - Para seres uma estrela

To be a star

 

 

 

To be a star

you must shine your own light

follow your own path,

and don't worry

about darkness,

for that is when the stars shine brightest

 

Para seres uma estrela

deves ter o teu proprio brilho

seguir o teu proprio caminho

e não te deves preocupar

com a escuridão

pois é nela que as estrelas brilham mais

publicado por olhar para o mundo às 08:13
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 25 de Novembro de 2015

Imagens do Facebook - Família

família.jpeg

 

Família

 

publicado por olhar para o mundo às 21:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - Menos religião e mais educação

religião.jpg

 

Menos religião e mais educação

Menos religion y mas educacion

 

publicado por olhar para o mundo às 17:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - Antes de ser um excelente profissional seja um bom ser gumano

serhumano.jpg

 

Antes de ser um excelente profissional seja um bom ser gumano

 

publicado por olhar para o mundo às 12:13
link do post | comentar | favorito

Miguel Torga - Nascer Todas as Manhãs

 

Nascer Todas as Manhãs

Apesar da idade, não me acostumar à vida. Vivê-la até ao derradeiro suspiro de credo na boca. Sempre pela primeira vez, com a mesma apetência, o mesmo espanto, a mesma aflição. Não consentir que ela se banalize nos sentidos e no entendimento. Esquecer em cada poente o do dia anterior. Saborear os frutos do quotidiano sem ter o gosto deles na memória. Nascer todas as manhãs.

Miguel Torga, in "Diário (1982)"
publicado por olhar para o mundo às 09:13
link do post | comentar | favorito

Eduardo Galeano no Facebook - Para que serve a utopia?

utopia.jpg

 

“A utopia está lá no horizonte. Me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos. Caminho dez passos e o horizonte corre dez passos. Por mais que eu caminhe, jamais alcançarei. Para que serve a utopia? Serve para isso: para que eu não deixe de caminhar.”

 

 

 

publicado por olhar para o mundo às 08:13
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 24 de Novembro de 2015

Frases do Facebook - a melhor maneira de convencer alguém de que está errado é deixá-lo seguir o seu caminho

Errado

  

Algumas vezes,  a melhor maneira de convencer alguém de que está errado é deixá-lo seguir o seu caminho.

 

Mestre dos Magos

publicado por olhar para o mundo às 21:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - A porta está aberta

Porta

 

 

Se queres entrar na minha vida, a porta está aberta

Se queres sair da minha vida, a porta está aberta

Só te peço que não fique parado à porta, bloqueias o trânsito

publicado por olhar para o mundo às 17:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - Muitos daqueles que te chamam louca sonham com ter a tua coragem

Muitos daqueles que te chama louca sonham com ter a tua coragem

 

 

Muitos daqueles que te chamam louca sonham com ter a tua coragem

publicado por olhar para o mundo às 12:13
link do post | comentar | favorito

Pupkulies & Rebecca feat. Tibau - Saύde

 

Letra

 

Não encontreia letra desta música

 

publicado por olhar para o mundo às 10:13
link do post | comentar | favorito

ADOPTAR É AMAR - Vera Sacramento

crianças5.jpg

 

Raramente consigo tomar o pequeno-almoço descansada. Tenho o terrível hábito de me perder nas conversas das pessoas que frequentam a pastelaria onde vou todas as manhãs, ouvindo atentamente aquilo que dizem, avaliando as suas opiniões e ideias como se fosse uma agente infiltrada, vampirizando as suas histórias. Ontem o dia afigurava-se fraco e desinteressante para vampiros como eu. Preparava-me para sair quando subitamente alguém lança o seguinte comentário nas minhas costas “Espero bem que aquela história dos gays poderem adotar crianças não vá para a frente! É uma anormalidade. Um nojo!”. Tentei controlar o instinto de me virar para trás mas a curiosidade e a indignação levaram a melhor. Virei-me. Na mesa junto à janela estavam duas mulheres na casa dos quarenta e um miúdo que não deveria ter mais de cinco. Enquanto elas conversavam o miúdo rabiscava um livro para colorir, tocando no braço da mãe de quando em vez para pedir a palavra. Irritada, a mulher continuou a dissertar sobre o tema da adopção por casais do mesmo sexo sem ligar a menor importância ao filho, como se procurasse validação para as suas certezas inabaláveis: “Imagina um casal de bichas a adoptar um miúdo da idade do meu! Como é que ficava a cabeça da pobre criança? E o que ia sofrer na escola, a ser gozado por toda a gente? É ridículo!”. “Até pode ser perigoso” – acrescentou a outra, enquanto o rapaz puxava a camisola da mãe, reclamando novamente atenção “dois homens a viverem sozinhos com um miúdo… ainda para mais com o que se ouve por aí da pedofilia! Só um bando de irresponsáveis é que aprova uma coisa dessas”. Naquele momento olhei em volta para tentar perceber se mais alguém se sentia incomodado com aquele chorrilho de alarvidades mas rapidamente constatei que estava sozinha. Os senhores da mesa em frente discutiam as gordas de um jornal desportivo enquanto o casal encostado ao balcão folheava o catálogo de uma imobiliária. Quem na verdade estava incomodado com a conversa era o miúdo, não propriamente pelos disparates que iam sendo ditos, mas porque a mãe se recusara a ouvi-lo. Resignado, dirigiu-se à casa de banho para regressar alguns minutos mais tarde com as calças todas molhadas. Só nessa altura é que a mulher, acérrima defensora da moral e dos bons costumes, olhou para o filho e reagiu: “Mas será possível, Filipe? Só fazes asneiras, caramba! Senta-te aqui quieto antes que eu me passe da cabeça e te dê dois tabefes!“. Naquele momento tive uma enorme vontade de me levantar da cadeira e dar dois tabefes. A ela, naturalmente. Não estivesse eu a atravessar uma fase mindful, ter-lhe-ia corrido mal. Apeteceu-me dizer-lhe que a capacidade de amar e educar uma criança nada tem a ver com a orientação sexual de cada um, e que ela, na verdade, era o melhor exemplo disso. Enquanto pregava em público o desprezo pelos homossexuais, passando-lhes um sumário atestado de incompetência parental, teve o filho ao lado, a pedir-lhe insistentemente um pouco de atenção, sem que parasse um segundo que fosse para o ouvir. Depois de refletir, achei que não valia a pena. Pessoas como aquela mulher estão demasiado presas às suas crenças, às suas representações internas, aos seus medos e ódios obscuros, para ouvirem vozes dissonantes. Para discorrerem sequer com um pouco de razoabilidade. Felizmente o universo encarregou-se de seguir o seu caminho fazendo justiça e, nesse mesmo dia, 20 de Novembro de 2015, após três tentativas falhadas na anterior legislatura, a Assembleia da República aprovou a eliminação dos obstáculos legais à adoção de crianças por casais do mesmo sexo.

Um dia histórico.

Uma valente bofetada… de luva branca.

 

Vera Sacramento

Retirado de Maria Capaz

 

publicado por olhar para o mundo às 09:13
link do post | comentar | favorito

Vinicius de Morais no Facebook - Amizade colorida

 

"Um dia a maioria de nós ira separar-se.
Sentiremos saudades de todas as conversas atiradas fora,
das descobertas que fizemos,
dos sonhos que tivemos,
dos tantos risos e momentos que partilhamos.

Saudades até dos momentos de lágrimas, de angústia,
das vésperas de fim-de-semana,
dos finais do ano,
enfim...
do comportamento vivido,
sempre pensei que as amizades continuassem para sempre.

Hoje já não tenho tanta certeza disso.
Em breve cada um vai para seu lado,
seja pelo destino ou por algum desenntendimento,
segue a sua vida.

Talvez continuamos a encontrar-nos, quem sabe...
nas cartas que trocamos.

Podemos falar ao telefone e dizer algumas tolices...
Aí, os dias vão passar,
meses...anos...até este contacto
se tornar cada vez mais raro.

Vamo-nos perder no tempo...
Um dia nossos filhos verão as nossas fotografias e
perguntarão:
Quem são aquelas pessoas?
Diremos...que eram nossos amigos...e isso
vai doer tanto!

Porem meus amigos, foi com eles que vivi tantos
bons anos da minha vida:

A saudade vai apertar bem dentro do peito.
Vai dar vontade de ligar,
ouvir aquelas vozes novamente...

Quando o nosso grupo estiver incompleto...
reunir-nos-emos para último adeus a um amigo.

E, entre lágrimas, abraçar-nos-emos.
Então, faremos promessas de nos
encontrarmos mais vezes daquele dia em diante.

Por fim, cada um vai para seu lado
para continuar a viver a sua vida isolada do passado.
e perder-nos-emos no tempo...

Por isso, fica aqui um pedido
deste húmilde amigo: não deixes que a vida
passe em branco, e que pequenas
adversidades sejam causa de grandes tempestades...

Eu poderia suportar,
embora não sem dor,
que tivessem morrido
todos os meus amores,
mas enlouqueceria se morressem
todos os meus amigos!"

 

Vinicius de Morais

(não tenho a certeza que seja mesmo do Vinicius)

publicado por olhar para o mundo às 08:13
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 23 de Novembro de 2015

Frases do Facebook - O amor surge quando aprendemos a admirar as qualidades de uma pessoa que com a sua simples presença

Amor

 

O amor surge quando aprendemos a admirar as qualidades de uma pessoa que com a sua simples presença, nos faz sentir especiais

publicado por olhar para o mundo às 21:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - Amar não é só dizer Eu amo, é provar isso todos os diasO amor é nobre de mais para ter que ser mendigado

Amor

 

O amor é nobre de mais para ter que ser mendigado

publicado por olhar para o mundo às 17:13
link do post | comentar | favorito

Direitos de Autor


Todas as imagens que estão no blog foram retiradas do Facebook, muitas delas não tem referência ao autor ou à sua origem, se porventura acha que tem direitos sobre alguma e o conseguir provar, por favor avise-me que será retirada de imediato.

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Frases de Mia Couto - A m...

. O maior pedido de desculp...

. Não estou interessado em ...

. Não podes reescrever o pa...

. Gosto quando não tenho de...

. Gregory Porter - Smile

. Luis Fonsi, Demi Lovato -...

. Frases do Facebook - às v...

. Frases do Facebook - Nunc...

. Frases do Facebook - Resp...

.mais comentados

.últ. comentários

se pode encontrar referencias como Carlos Malato o...
Que amor e gratidão tão sentidos.Um privilégio ler...
.....nevegar?
Estou cansado de ver esta frase no Facebook atribu...
Maomé matou numa semana uma tribo inteira de judeu...
Lamento mas o texto não é de Santo Agostinhohttp:/...
Ola Jorge,Muito grata por sua pronta resposta e po...
OláJá corrigi o post e atribuí o nome correcto na ...
Olá, quero deixar registrado aqui que esta frase d...
Um grande politico.Uma grande perda para Portugal.

.arquivos

. Outubro 2018

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

.tags

. imagem

. facebook

. frases

. pensamentos

. vídeo

. música

. lyrics

. letra

. vida

. textos

. amor

. humor

. anedota

. piada

. pessoas

. mulher

. imagens do facebook

. cartoon

. felicidade

. amar

. coração

. homem

. miguel esteves cardoso

. viver

. tempo

. mia couto

. mulheres

. imagens

. poesia

. mundo

. ser feliz

. crianças

. política

. fernando pessoa

. educação

. filhos

. poema

. sonhos

. aprender

. criança

. mãe

. animais

. palavras

. pensar

. liberdade

. medo

. natal

. respeito

. silêncio

. caminho

. amigos

. pensamento

. paz

. portugal

. dinheiro

. ser

. alma

. clarice lispector

. dor

. sorrir

. josé saramago

. mafalda

. mudar

. passado

. coragem

. recados

. amizade

. desistir

. escolhas

. beleza

. morte

. ricardo araújo pereira

. falar

. fazer

. feliz

. homens

. país

. pais

. coisas

. cultura

. povo

. religião

. sabedoria

. sentimentos

. verdade

. educar

. livros

. sorriso

. chuva

. ensinar

. problemas

. saudade

. acreditar

. olhar

. osho

. pessoa

. sentir

. abraço

. adopção

. chorar

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds