Terça-feira, 31 de Maio de 2016

Humor no Facebook - Psicólogo

Psicologo

 

Psicólogo


publicado por olhar para o mundo às 21:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - Ser português é uma honra, ser transmontano são duas

transmontano.jpg

 

Ser português é uma honra, ser transmontano são duas

 


publicado por olhar para o mundo às 19:13
link do post | comentar | favorito

Keitty Sudre no Facebook - Existem momentos na vida em que a melhor saida é seguir em frente

seguir em frente

 

“Existem momentos na vida em que a melhor saida é seguir em frente. Focar em você, você e você. Deixar para trás o que ficou para trás. Respirar novos ares, conhecer novas pessoas, e viver novas aventuras. E se no caminho alguém olhar para você te chamando de egoísta, você responde: Não sou egoísta, apenas conheci o amor próprio.” 
Keitty Sudre


publicado por olhar para o mundo às 17:13
link do post | comentar | favorito

Mia Couto no Facebook - estar perdido é bom, significa que há caminhos

Caminhos

 

 

estar perdido é bom, significa que há caminhos

 

Mia Couto


publicado por olhar para o mundo às 12:13
link do post | comentar | favorito

Assol Garcia - Sima Kretcheu

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 


publicado por olhar para o mundo às 10:13
link do post | comentar | favorito

José Luís Nunes Martins - A Chama da Vida e o Fogo das Paixões

A Chama da Vida e o Fogo das Paixões

Nem sempre estar apaixonado é bom. A maior parte das paixões tomam conta da vontade e assumem o controlo do sentir e do pensar. Prometem a maior das libertações, mas escravizam quem desiste de si mesmo e a elas se submete.
   
A paixão é sofrimento, um furor que é o oposto da paz e do contentamento. Um vazio fulminante capaz das maiores acrobacias para se satisfazer. Mas que, como nunca se sacia, acaba por se consumir, por se destruir a si mesmo. Para ter paz precisamos de fazer esta guerra, na conquista do mais exigente de todos os equilíbrios: entre a monotonia de nada arriscar e a imprudência de entregar tudo sem uma vontade própria profunda. É essencial que saibamos desafiarmo-nos, por vezes, a um profundo desequilíbrio momentâneo. Afinal, quem nunca ousa está perdido, para sempre.
 

Há boas paixões. São as que trabalham como um fermento. De forma pacata, pacífica e paciente. Animam, mas não dominam. Orientam, mas não decidem. Iluminam, mas não cegam.

Quase ninguém faz ideia da capacidade que cada um de nós tem para suportar e vencer grandes sofrimentos...

Por paixões comuns, há quem perca a cabeça, o coração e a alma. Uma paixão forte que se consente pode fazer com que a mais digna das pessoas se destrua... se consuma, não ficando senão as cinzas em que ardeu. É preciso que saibamos cuidar do que queremos ser, mais do que do prazer que julgamos merecer. O nosso caminho deve ser decidido por nós, não por um qualquer impulso estranho à nossa vontade. Ser feliz passa por ser firme face às tentações do fácil e do imediato.

A verdadeira chama, aquela que nos ilumina, aquece e orienta, não é a das paixões, é a chama da vida. A vida ela própria, assim, simples e pobre na aparência. Aquela vida que tem consciência de que é, em si mesma, um dom. Uma luz. Um presente do divino. Uma presença divina. Não se trata de uma alegria de cumprir fantasias, antes sim da virtude suprema de saber apreciar os momentos da vida sem necessidade de ser sob a séria ameaça de a perder. Este é o único fogo que não consome.

O frio que por vezes sentimos na alma não é sinal de estarmos no caminho errado, apenas de que é hora de por à prova a nossa determinação.
A paixão aumenta a sua força à medida que crescem os obstáculos que se lhe opõem. Combate-se com a luz da razão e o calor do coração. Sem excessos nem violências. Apenas firmeza, sofrimento e paz.

Posso sofrer, mas não quero desistir de mim mesmo… assim eu me saiba fazer maior do que as minhas dores. Mais forte do que as minhas paixões.

José Luís Nunes Martins, in 'Os infinitos do amor'

Retirado de Citador

publicado por olhar para o mundo às 09:13
link do post | comentar | favorito

Paulo Leminski no Facebook - No fundo, no fundo, bem lá no fundo,

No fundo

 

No fundo, no fundo,
bem lá no fundo,
a gente gostaria
de ver nossos problemas
resolvidos por decreto

 

a partir desta data,
aquela mágoa sem remédio
é considerada nula
e sobre ela — silêncio perpétuo

 

extinto por lei todo o remorso,
maldito seja quem olhar pra trás,
lá pra trás não há nada,
e nada mais

 

mas problemas não se resolvem,
problemas têm família grande,
e aos domingos
saem todos a passear
o problema, sua senhora
e outros pequenos probleminhas.

 

Paulo Leminski


publicado por olhar para o mundo às 08:13
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 30 de Maio de 2016

Frases do Facebook - a resposta genial chega sempre 5 segundos depois de termos dado a estúpida

Respostas

 

a resposta genial chega sempre 5 segundos depois de termos dado a estúpida


publicado por olhar para o mundo às 21:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - viver sem ler seria como viver sem viver

ler

 

 viver sem ler seria como viver sem viver


publicado por olhar para o mundo às 17:13
link do post | comentar | favorito

Os contratos de associação no Facebook - Eu escolho o meu carro, mas quero que tu ajudes a pagar

carro.jpg

 

 

O estado tem transportes públicos.

Eu prefiro usar o transporte privado.

Mas quer oque seja o estado  a pagar

 

Posso fazer um contrato de associação?

 

Eu escolho o meu carro, mas quero que  tu ajudes a pagar

 


publicado por olhar para o mundo às 15:13
link do post | comentar | favorito

Alvo Dumbledore no Facebook - não tenhas piedade dos mortos,Harry, tem piedade dos vivos e acima de tudo, dos que vivem sem amor

dumblemore

 

 

não tenhas piedade dos mortos,Harry,  tem piedade dos vivos e acima de tudo, dos que vivem sem amor

Alvo Dumbledore


publicado por olhar para o mundo às 12:13
link do post | comentar | favorito

Assol Garcia - Beju Furtado

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 


publicado por olhar para o mundo às 10:13
link do post | comentar | favorito

Portugal visto por António Lobo Antunes

António Lobo Antunes

 

 

Portugal visto por

António Lobo Antunes
  
Agora sol na rua a fim de me melhorar a disposição, me reconciliar com a vida.

Passa uma senhora de saco de compras: não estamos assim tão mal, ainda compramos coisas, que injusto tanta queixa, tanto lamento.

Isto é internacional, meu caro, internacional e nós, estúpidos, culpamos logo os governos.

Quem nos dá este solzinho, quem é? E de graça. Eles a trabalharem para nós, a trabalharem, a trabalharem e a gente, mal agradecidos, protestamos.
 
Deixam de ser ministros e a sua vida um horror, suportado em estoico silêncio. Veja-se, por exemplo, o senhor Mexia, o senhor Dias Loureiro, o senhor Jorge Coelho, coitados. Não há um único que não esteja na franja da miséria. Um único. Mais aqueles rapazes generosos, que, não sendo ministros, deram o litro pelo País e só por orgulho não estendem a mão à caridade.

O senhor Rui Pedro Soares, os senhores Penedos pai e filho, que isto da bondade as vezes é hereditário, dúzias deles.

Tenham o sentido da realidade, portugueses, sejam gratos, sejam honestos, reconheçam o que eles sofreram, o que sofrem. Uns sacrificados, uns Cristos, que pecado feio, a ingratidão.

O senhor Vale e Azevedo, outro santo, bem o exprimiu em Londres. O senhor Carlos Cruz, outro santo, bem o explicou em livros. E nós, por pura maldade, teimamos em não entender. Claro que há povos ainda piores do que o nosso: os islandeses, por exemplo, que se atrevem a meter os beneméritos em tribunal.
Pelo menos nesse ponto, vá lá, sobra-nos um resto de humanidade, de respeito.

Um pozinho de consideração por almas eleitas, que Deus acolherá decerto, com especial ternura, na amplidão imensa do Seu seio. Já o estou a ver:
- Senta-te aqui ao meu lado ó Loureiro
- Senta-te aqui ao meu lado ó Duarte Lima
- Senta-te aqui ao meu lado ó Azevedo
que é o mínimo que se pode fazer por esses Padres Américos, pela nossa interminável lista de bem-aventurados, banqueiros, coitadinhos, gestores, que o céu lhes dê saúde e boa sorte e demais penitentes de coração puro, espíritos de eleição, seguidores escrupulosos do Evangelho. E com a bandeirinha nacional na lapela, os patriotas, e com a arraia miúda no coração. E melhoram-nos obrigando-nos a sacrifícios purificadores, aproximando-nos dos banquetes de bem-aventuranças da Eternidade.
 
As empresas fecham, os desempregados aumentam, os impostos crescem, penhoram casas, automóveis, o ar que respiramos e a maltosa incapaz de enxergar a capacidade purificadora destas medidas. Reformas ridículas, ordenados mínimos irrisórios, subsídios de cacaracá? Talvez. Mas passaremos semdificuldade o buraco da agulha enquanto os Loureiros todos abdicam, por amor ao próximo, de uma Eternidade feliz. A transcendência deste acto dá-me vontade de ajoelhar à sua frente. Dá-me vontade? Ajoelho à sua frente  indigno de lhes desapertar as correias dos sapatos.

Vale e Azevedo para os Jerónimos, já!
Loureiro para o Panteão já!
Jorge Coelho para o Mosteiro de Alcobaça, já!
Sócrates para a Torre de Belém, já! A Torre de Belém não, que é tão feia. Para a Batalha.
 
Fora com o Soldado Desconhecido, o Gama, o Herculano, as criaturas de pacotilha com que os livros de História nos enganaram. Que o Dia de Camões passe a chamar-se Dia de Armando Vara. Haja sentido das proporções, haja espírito de medida, haja respeito.

Estátuas equestres para todos, veneração nacional. Esta mania tacanha de perseguir o senhor Oliveira e Costa: libertem-no. Esta pouca vergonha contra os poucos que estão presos, os quase nenhuns que estão presos como provou o senhor Vale e Azevedo, como provou o senhor Carlos Cruz, hedionda perseguição pessoal com fins inconfessáveis.

Admitam-no. E voltem a pôr o senhor Dias Loureiro no Conselho de Estado, de onde o obrigaram, por maldade e inveja, a sair.

Quero o senhor Mexia no Terreiro do Paço, no lugar de  D. José que, aliás, era um pateta. Quero outro mártir qualquer, tanto faz, no lugar do Marquês de Pombal, esse tirano. Acabem com a pouca vergonha dos Sindicatos. Acabem com as manifestações, as greves, os protestos, por favor deixem de pecar.

Como pedia o doutor João das Regras, olhai, olhai bem, mas vêde. E tereis mais fominha e, em consequência, mais Paraíso. Agradeçam este solzinho.

Agradeçam a Linha Branca.

Agradeçam a sopa e a peçazita de fruta do jantar.

Abaixo o Bem-Estar.

Vocês falam em crise mas as actrizes das telenovelas continuam a aumentar o peito: onde é que está a crise, então? Não gostam de olhar aquelas generosas abundâncias que uns violadores de sepulturas, com a alcunha de cirurgiões plásticos, vos oferecem ao olhinho guloso? Não comem carne mas podem comer lábios da grossura de bifes do lombo e transformar as caras das mulheres em tenebrosas máscaras de Carnaval.

Para isso já há dinheiro, não é? E vocês a queixarem-se sem vergonha, e vocês cartazes, cortejos, berros. Proíbam-se os lamentos injustos.

Não se vendem livros? Mentira. O senhor Rodrigo dos Santos vende e, enquanto vender o nível da nossa cultura ultrapassa, sem dificuldade, a Academia Francesa.

Que queremos? Temos peitos, lábios, literatura e os ministros e os ex-ministros a tomarem conta disto.

Sinceramente, sejamos justos, a que mais se pode aspirar?

O resto são coisas insignificantes: desemprego, preços a dispararem, não haver com que pagar ao médico e à farmácia, ninharias. Como é que ainda sobram criaturas com a desfaçatez de protestarem? Da mesma forma que os processos importantes em tribunal a indignação há-de, fatalmente, de prescrever. E, magrinhos, magrinhos mas com peitos de litro e beijando-nos uns aos outros com os bifes das bocas seremos, como é nossa obrigação, felizes.

 

António Lobo Antunes


publicado por olhar para o mundo às 09:13
link do post | comentar | favorito

Humor no Facebook - se ela tem mais livros que sapatos, case com ela!

livros

 

se ela tem mais livros que sapatos, case com ela!


publicado por olhar para o mundo às 08:13
link do post | comentar | favorito
Domingo, 29 de Maio de 2016

Humor no Facebook - Manifs

manifs.jpg

 

Apenas lhe perguntei se agora que participamos em manifs agora já somos de esquerda

 


publicado por olhar para o mundo às 22:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - Amigos não acorrentam amigos

acorrentam.jpg

 

Amigos não acorrentam amigos

 


publicado por olhar para o mundo às 21:13
link do post | comentar | favorito

Claudio Francis no Facebook - às vezes, estar em paz é melhor do que estar certo

paz.jpg

 

às vezes, estar em paz é melhor do que estar certo

Claudio Francis

 


publicado por olhar para o mundo às 17:13
link do post | comentar | favorito

Pablo Neruda no Facebook - Amo-te Sem Saber Como

amo-te.jpg

 

 

Amo-te Sem Saber Como

Não te amo como se fosses rosa de sal, topázio
ou seta de cravos que propagam o fogo:
amo-te como se amam certas coisas obscuras,
secretamente, entre a sombra e a alma.

Amo-te como a planta que não floriu e tem
dentro de si, escondida, a luz das flores,
e, graças ao teu amor, vive obscuro em meu corpo
o denso aroma que subiu da terra.

Amo-te sem saber como, nem quando, nem onde,
amo-te directamente sem problemas nem orgulho:
amo-te assim porque não sei amar de outra maneira,

a não ser deste modo em que nem eu sou nem tu és,
tão perto que a tua mão no meu peito é minha,
tão perto que os teus olhos se fecham com meu sono.

Pablo Neruda, in "Cem Sonetos de Amor"

 


publicado por olhar para o mundo às 12:13
link do post | comentar | favorito

Elbert Hubbard. no Facebook - Os sábios reconhecem que o único modo de ajudar-se a si mesmos é ajudando os outros

sabios2.jpg

 

 

Os sábios reconhecem que o único modo de ajudar-se a si mesmos é ajudando os outros

Elbert Hubbard

 


publicado por olhar para o mundo às 08:13
link do post | comentar | favorito
Sábado, 28 de Maio de 2016

Mia Couto no Facebook - pássaros, todos os que no chão desconhecem morada

Passaros

 

 pássaros, todos os que no chão desconhecem morada

Mia Couto


publicado por olhar para o mundo às 21:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - é o medo que move o mundo, quando vencido move para a frente, quando vence move para trás

Medo

 

é o medo que move o mundo, quando vencido move para a frente, quando vence move para trás


publicado por olhar para o mundo às 17:13
link do post | comentar | favorito

Buda no Facebook - a lei da mente é implacável, o que pensas crias, o que sentes atrais, o que acreditas torna-se realidade

mente

 

a lei da mente é implacável, o que pensas crias, o que sentes atrais, o que acreditas torna-se realidade

Buda


publicado por olhar para o mundo às 12:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - A vida é curta demais para ser desperdiçada tentando agradar um imbecil intrometido que tem uma opinião de como eu deveria ser!

vida

 

 

“Céus! A vida é curta demais para ser desperdiçada tentando agradar um imbecil intrometido que tem uma opinião de como eu deveria ser! Não preciso de conselhos! Todo mundo pode simplesmente me deixar em paz!”


publicado por olhar para o mundo às 08:13
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 27 de Maio de 2016

A violência no Facebook - Baleado porque andou na rua à noite, estuprada porque usou saia curta, agredido porque é gay ...

violência.png

 

Baleado porque andou na rua à noite, estuprada porque usou saia curta, agredido porque é gay, se não fossem as vítimas viveíamos sem violência

 


publicado por olhar para o mundo às 23:13
link do post | comentar | favorito (1)

Mario Quintana no Facebook - As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras

Pessoas

 

 

“As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.” 
Mario Quintana


publicado por olhar para o mundo às 21:13
link do post | comentar | favorito

Mary Lou Retton no Facebook - Otimismo é o imã da felicidade

optimismo

 

"Otimismo é o imã da felicidade. Se você ficar positivo, coisas boas e boas pessoas serão atraídas para você."

Mary Lou Retton


publicado por olhar para o mundo às 17:13
link do post | comentar | favorito

Mia Couto no Facebook - só o amor concede eternidade

Amor

 

só o amor concede eternidade

mia couto


publicado por olhar para o mundo às 12:13
link do post | comentar | favorito

Amor não Tem Número - Clarice Lispector

Amor não Tem Número

Se você não tomar cuidado vira número até para si mesmo. Porque a partir do instante em que você nasce classificam-no com um número. Sua identidade no Félix Pacheco é um número. O registro civil é um número. Seu título de eleitor é um número. Profissionalmente falando você também é. Para ser motorista, tem carteira com número, e chapa de carro. No Imposto de Renda, o contribuinte é identificado com um número. Seu prédio, seu telefone, seu número de apartamento — tudo é número.

Se é dos que abrem crediário, para eles você é um número. Se tem propriedade, também. Se é sócio de um clube tem um número. Se é imortal da Academia Brasileira de Letras tem o número da cadeira.

É por isso que vou tomar aulas particulares de Matemática. Preciso saber das coisas. Ou aulas de Física. Não estou brincando: vou mesmo tomar aulas de Matemática, preciso saber alguma coisa sobre cálculo integral.

Se você é comerciante, seu alvará de localização o classifica também.

Se é contribuinte de qualquer obra de beneficência também é solicitado por um número. Se faz viagem de passeio ou de turismo ou de negócio recebe um número. Para tomar um avião, dão-lhe um número. Se possui ações também recebe um, como acionista de uma companhia. E claro que você é um número no recenseamento. Se é católico recebe número de batismo. No registro civil ou religioso você é numerado. Se possui personalidade jurídica tem. E quando a gente morre, no jazigo, tem um número. E a certidão de óbito também.

Nós não somos ninguém? Protesto. Aliás é inútil o protesto. E vai ver meu protesto também é número.

Uma amiga minha contou que no Alto Sertão de Pernambuco uma mulher estava com o filho doente, desidratado, foi ao Posto de Saúde. E recebeu a ficha número 10. Mas dentro do horário previsto pelo médico a criança não pôde ser atendida porque só atenderam até o número 9. A criança morreu por causa de um número. Nós somos culpados.

Se há uma guerra, você é classificado por um número. Numa pulseira com placa metálica, se não me engano. Ou numa corrente de pescoço, metálica.

Nós vamos lutar contra isso. Cada um é um, sem número. O si-mesmo é apenas o si-mesmo.

E Deus não é número.

Vamos ser gente, por favor. Nossa sociedade está nos deixando secos como um número seco, como um osso branco seco exposto ao sol. Meu número íntimo é 9. Só. 8. Só. 7. Só. Sem somá-los nem transformá-los em novecentos e oitenta e sete. Estou me classificando com um número? Não, a intimidade não deixa. Vejam, tentei várias vezes na vida não ter número e não escapei. O que faz com que precisemos de muito carinho, de nome próprio, de genuinidade. Vamos amar que amor não tem número. Ou tem?

Clarice Lispector, in Crónicas no 'Jornal do Brasil (1971)'
 
retirado de Citador

publicado por olhar para o mundo às 09:13
link do post | comentar | favorito

Jane Austen no Facebook - Não é o tempo nem a oportunidade que determinam a intimidade, é só a disposição

Tempo 

 

"Não é o tempo nem a oportunidade que determinam a intimidade, é só a disposição. Sete anos seriam insuficientes para algumas pessoas se conhecerem, e sete dias são mais que suficientes para outras."

Jane Austen, Razão e Sensibilidade 

publicado por olhar para o mundo às 08:13
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 26 de Maio de 2016

Frases do Facebook - Não importa quantas vezes eu possa cair, sempre me verás levantar de novo e cada vez mais forte

cair.jpg

 

 

Não importa quantas vezes eu possa cair, sempre me verás levantar de novo e cada vez mais forte

 


publicado por olhar para o mundo às 21:13
link do post | comentar | favorito

Direitos de Autor


Todas as imagens que estão no blog foram retiradas do Facebook, muitas delas não tem referência ao autor ou à sua origem, se porventura acha que tem direitos sobre alguma e o conseguir provar, por favor avise-me que será retirada de imediato.

.mais sobre mim

.pesquisar

 










Direitos de Autor


Todas as imagens que estão no blog foram retiradas do Facebook, muitas delas não tem referência ao autor ou à sua origem, se porventura acha que tem direitos sobre alguma e o conseguir provar, por favor avise-me que será retirada de imediato

.posts recentes

. O blog mudou de casa

. Gregory Porter - Smile

. Luis Fonsi, Demi Lovato -...

. Frases do Facebook - às v...

. Frases do Facebook - Nunc...

. Frases do Facebook - Resp...

. Frases de Albert Einstein...

. Frases do Facebook - Há p...

. Frases do Facebook - Seja...

. Recados do Facebook - Por...

.mais comentados

.últ. comentários

Lamento mas o texto não é de Santo Agostinhohttp:/...
Ola Jorge,Muito grata por sua pronta resposta e po...
OláJá corrigi o post e atribuí o nome correcto na ...
Olá, quero deixar registrado aqui que esta frase d...
Um grande politico.Uma grande perda para Portugal.
Verdade Universal.
É como eu tenho dito e inclusive escrito sobre ist...
Perdi meu marido há quanto meses.ainda tenho tudo ...
Muitíssimo bom!
Como eu entendo. A minha bisavó tinha 103.chorei e...

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

.tags

. imagem

. facebook

. frases

. pensamentos

. vídeo

. música

. lyrics

. letra

. vida

. textos

. amor

. humor

. anedota

. piada

. pessoas

. mulher

. imagens do facebook

. cartoon

. felicidade

. amar

. coração

. homem

. miguel esteves cardoso

. viver

. tempo

. mia couto

. mulheres

. imagens

. poesia

. mundo

. ser feliz

. crianças

. política

. fernando pessoa

. educação

. filhos

. poema

. sonhos

. aprender

. criança

. mãe

. animais

. palavras

. pensar

. liberdade

. medo

. natal

. respeito

. silêncio

. caminho

. amigos

. pensamento

. paz

. portugal

. dinheiro

. ser

. alma

. clarice lispector

. dor

. sorrir

. josé saramago

. mafalda

. mudar

. coragem

. passado

. recados

. amizade

. desistir

. escolhas

. beleza

. morte

. ricardo araújo pereira

. falar

. fazer

. feliz

. homens

. país

. pais

. coisas

. cultura

. povo

. religião

. sabedoria

. sentimentos

. verdade

. educar

. livros

. sorriso

. chuva

. ensinar

. problemas

. saudade

. acreditar

. olhar

. osho

. pessoa

. sentir

. abraço

. adopção

. chorar

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds