Quarta-feira, 30 de Novembro de 2016

Frases do Facebook - Não posso desfazer a história nem apagar os erros

lapis.jpg

 

Não posso desfazer a história nem apagar os  erros

A  única coisa possível é continuar a escrever o que ainda falta

 


publicado por olhar para o mundo às 21:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - Vivemos num mundo em que tudo tem um preço, mas quase nada tem valor

preço2.jpg

 

Vivemos num mundo em que tudo tem um preço, mas quase nada tem valor e as poucas coisas que tem valor, poucos sabem valorizar

 


publicado por olhar para o mundo às 17:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - Por mais inteligente que alguém possa ser, se não for humilde, o seu melhor perde-se na arrogância

humildade2.jpg

 

 

Por mais inteligente que alguém possa ser, se não for humilde, o seu melhor perde-se na arrogância

A humildade ainda é a parte mais bela da sabedoria

 


publicado por olhar para o mundo às 12:13
link do post | comentar | favorito

KREYOL LA - Turn Me On

 

Letra

 

Intro]
TMD
Did you see di gyal?
Kreyòl La
Did you see di gyal there?
Oh oh yeah

[Verse 1]
Mwen gen madanm nan kay
Men m g on ti boubout deyò
Pa konn kisa m ta bay
Pou nou ka ansanm ankò
Fanm sa a se ansyen menaj mwen li ye
M apresye chak grenn moman nou pase

[Verse 2]
Mwen jwenn lanmou m nan may
Bay manti pou m met deyò
Lè m kole kò m sou pa l, m pa vle madanm mwen ankò

[Pre-hook]
N ap fè l an kachèt
N’ap kenbe l en secret
Moun pa bezwen konnen kijan ke nou renmen
Men chak fwa m wè fanm sa a wo wo

[Hook]
Gyal sa a turn me on - turn me on
Fanm sa a turn me on - turn me on
G on jan l pale, g on jan l bouje
Li turn me on
Gyal sa a turn me on - turn me on
Fanm sa a turn me on - turn me on
G on jan l mache, g on jan l bouje
Li turn me on

[Verse 3]
Oh shit...
Fanm sa a s on Bugatti depi l gade m 2 je m Veyron
Tout jan m gade pa gen anyen nan li mwen wè k pa bon
Zanmi l mache pale sou mwen nan do m di m vakabon
Me like when she haffi go down down down down
When she whine pon di corner
Hottest gyal in a di town town town town town
Sexy girl ski bi di bam bam
Fanm sa a tèlman move tèlman fre oh yeah

[Pre-hook]
N ap fè l an kachèt
N’ap kenbe l en secret
Moun pa bezwen konnen kijan ke nou renmen
Men chak fwa m wè fanm sa a wo wo

[Hook]
Gyal sa a turn me on - turn me on
Li turn me on - turn me on
G on jan l pale, g on jan l bouje
Li turn me on
Gyal sa a turn me on - turn me on
Li turn me on - turn me on
G on jan l mache, g on jan l bouje
Li turn me on

[Bridge]
Mwen vin pale a lemond pou m di l jan w mache nan san m
Cheri, ou fè m rele
Lè m avè l, lè mwen wè l, lanmou pi cho pase yon flanm
Tonè kraze m li satiyèt andan m
Cheri, ou fè m rele
Lè mwen wè l, lè m avè l mwen pa bezwen okenn lòt fanm
Li fè m depale pale, m pa sa pale pale

[Outro]
Fanm lan mete m sou sa
Sou sa oh oh sou sa
Li fè m fè sa k pa sa
Pa sa oh oh sou sa
Fanm lan mete m sou sa
Sou sa oh oh sou sa
Lè li manyen m konsa
Fanm sa a turn me on

[Hook]

 


publicado por olhar para o mundo às 10:13
link do post | comentar | favorito

Perdoar é como deitar o lixo fora - Giridhari Das

perdoar.jpg

 

As inevitáveis adversidades da vida frequentemente vêm na forma da ação de outras pessoas. Desde pisar no seu pé por acidente até uma agressão física brutal e intencional, as pessoas farão coisas para você, direta ou indiretamente, que o desagradarão. Então, como entender e praticar o perdão?

 

A resposta de uma consciência baixa para isso é irar-se, vingar-se ou cultivar alguma forma de raiva contra o agente de sua adversidade. Contudo, essa resposta não faz nada além de ampliar o seu sofrimento. Retribuir o ódio com ódio perpetua o ódio. Mesmo externamente, isso trará mais adversidades para sua vida na forma de consequências negativas para a sua raiva. Por exemplo, se o seu vizinho joga lixo no seu quintal e, então, você joga lixo no quintal dele, ele ficará irritado e buscará por mais outra forma de irritar você. Você, então, ficará irritado com isso e buscará igualmente por uma forma de retaliação, e isso nunca terá fim. Vemos isso no Oriente Médio: violência sendo confrontada com violência, que causa mais violência – um ciclo de crescente violência. O resultado é que temos o inferno na terra, sem previsão de fim. Brigas de gangues seguem o mesmo padrão vicioso. Todos perdem.

 

Em um nível, precisamos de justiça e preservar nosso bem-estar. Se alguém comete um crime ou machuca você, medidas precisam ser tomadas. Se é algo sério, autoridades civis têm que ser acionadas. E você deve tomar medidas práticas para prevenir que o incidente não aconteça novamente. Externamente, você deve fazer o que tem que ser feito para manter em segurança você mesmo e outros.
 

Por dentro, no entanto, você tem que adotar uma postura diferente. O que quer que tenha acontecido, tinha que acontecer. Esse é o seu novo desafio. Você não deve perder tempo com lamentação ou raiva, e muito menos se sentindo uma vítima. Você deve simplesmente aceitar o evento, ser grato pelo desafio, confiar que isso é para o seu crescimento e benefício último e lidar com isso com a consciência elevada, agindo em karma-yoga. Em vez de escolher sofrer, você deve buscar a iluminação.

Se você ficar preso na primeira parte, de não perder tempo com lamentação ou ira, você precisa se valer do perdão. Perdoar está entre suas ferramentas para afrouxar o apego recorrente ao sofrimento e desejos latentes de cultivar o ódio ou buscar por vingança. É sua última linha de defesa cortar seus laços tanto com o evento causador de sofrimento em questão quanto com o agente dessa miséria. Se você não fizer isso, você se manterá apegado à miséria e ao agente e continuará sofrendo.

Perdoar não significa que você concorda com o que foi feito ou que está dizendo que está tudo bem, que não há problema algum. Perdoar significa abandonar o sofrimento por entender que isso foi a ação de outra pessoa, não sua, e por decidir que você não quer se manter conectado a isso. É você dizendo: “Você fez isso; lide com as consequências. Eu não sou responsável por lhe lembrar de seus atos errados”.

 

Perdão não é para o benefício de quem cometeu o erro ou o crime; é por você mesmo. Você não está sendo “bonzinho” para agradar Deus ou alguém mais. Você está perdoando porque é a única maneira de você ficar feliz e livre de negatividades.

 

Giridhari Das (Gustavo Dauster) é um palestrante empresarial e motivacional, autor e instrutor no campo da autoajuda, autorrealização em yoga e consciência de Krishna.
 
Retirado de Revista Pazes

publicado por olhar para o mundo às 09:13
link do post | comentar | favorito

Frases de Dan Brown no Facebook - Tudo é possível, o impossível apenas demora mais

impossivel2.jpg

 

 

Tudo é possível, o impossível apenas demora mais

 

Dan Brown 

 


publicado por olhar para o mundo às 08:13
link do post | comentar | favorito

Yokohama Café - Sucesso Danado

 

 

Letra: Diogo Soares

É um sonho necessário
Saí de casa a procura de mim

Ví pelo céu um pedaço perdido
E pelo chão

Queria mesmo é fazer disso um trabalho
Um dinheiro
Um sucesso danado virado no diabo

Passam os dias e as noites
Lembro de tantas histórias
Brinca o menino de ontem
Nesse futuro de agora

Roda o mundo
Mundo gira eu vou na fé
Fé no mundo
Largo tudo e vou a pé
Sei que vale a pena tentar
Embora nesse lugar eu já não veja e nem sinta nada

Não sinto nada

Eu quis andar o mundo sem ter direção
Deixei sangrar meu pobre coração
Eu não tenho nada, nada não

Hoje eu encontrei comigo

Voz: Diogo Soares
Guitarra: Allan Yokohama
Baixo: Marano
Bateria: João Taborda

 


publicado por olhar para o mundo às 01:13
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 29 de Novembro de 2016

Frases de Jhon Dewey no Facebook - Educação não é uma questão de falar e ouvir, mas um processo activo e construtivo

educação6.jpg

 

 

Educação não é uma questão de falar e ouvir, mas um processo activo e construtivo

Jhon Dewey 

 


publicado por olhar para o mundo às 21:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - Qualquer que seja o problema, seja parte da solução

solução.png

 

 

Qualquer que seja o problema, seja parte da solução

 


publicado por olhar para o mundo às 17:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - Uma mentira estraga mil verdades

mentira.jpg

 

Uma mentira estraga mil verdades

Prvérbio Africano

 


publicado por olhar para o mundo às 12:13
link do post | comentar | favorito

Jean Claude Naimro - Ave on si

 

Letra

 

Nã oencontrei a letra desta música

 


publicado por olhar para o mundo às 10:13
link do post | comentar | favorito

“Sou feliz só por preguiça. A infelicidade dá uma trabalheira pior que doença” - Mia Couto

miaCouto.jpg

 

Sou feliz só por preguiça. A infelicidade dá uma trabalheira pior que doença: é preciso entrar e sair dela, afastar os que nos querem consolar, aceitar pêsames por uma porção da alma que nem chegou a falecer. – Levanta, ó dono das preguiças. É o mando de minha vizinha, a mulata Dona Luarmina. Eu respondo: -Preguiçoso? Eu ando é a embranquecer as palmas das mãos. -Conversa de malandro… – Sabe uma coisa, Dona Luarmina? O trabalho é que escureceu o pobre do preto. E, afora isso, eu só presto é para viver… Ela ri com aquele modo apagado dela. A gorda Luarmina sorri só para dar rosto à tristeza. – Você, Zeca Perpétuo, até parece mulher… – Mulher, eu? – Sim, mulher é que senta em esteira. Você é o único homem que eu vi sentar na esteira. – Que quer vizinha? Cadeira não dá jeito para dormir. Ela se afasta, pesada como pelicano, abanando a cabeça. Minha vizinha reclama não haver homem com miolo tão miúdo como eu. Diz que nunca viu pescador deixar escapar tanta maré:

 

– Mas você, Zeca: é que nem faz ideia da vida. – A vida, Dona Luarmina? A vida é tão simples que ninguém a entende. É como dizia meu avô Celestiano sobre pensarmos Deus ou não Deus…

 

Além disso, pensar traz muita pedra e pouco caminho. Por isso eu, um reformado do mar o que me resta fazer? Dispensado de pescar, me dispenso de pensar. Aprendi nos muitos anos de pescaria: o tempo anda por ondas. A gente tem é que ficar levezinho e sempre apanha boleia numa dessas ondeações. – Não é verdade, Dona Luarmina? A senhora sabe essas línguas da nossa gente. Me diga, minha Dona: qual é a palavra para dizer futuro? Sim, como se diz futuro? Não se diz, na língua deste lugar de África. Sim, porque futuro é uma coisa que existindo nunca chega a haver. Então eu me suficiento do actual presente. E basta. – Só eu quero é ser um homem bom, Dona. – Você é mas é um aldrabom.

 

A gorda mulata não quer amolecer conversa. E tem razão, sendo minha vizinha desde há tanto. Ela chegou ao bairro depois da morte de meus pais, quando herdei a velha casa da família. Nessa altura, eu ainda pescava em longas viagens, semanas de ausência nos bancos de Sofala. Nem notava a existência de Luarmina. Também ela, logo que desembarcou, se internou na Missão, em estágio para freira. Ficou enclausurada nessas penumbras onde se murmura conversa com Deus. Só uns anos mais tarde ela saiu dessa reclusão. E se instalou na casa que os padres lhe destinaram, bem junto à minha morada. Luarmina costureirava, era seu sustento. Nos primeiros tempos, ela continuava sem se dar às vistas. Só as mulheres que entravam em seus domínios é que lhe davam conta. No resto, me chegavam apenas os perfumes de sua sombra. Um dia o padre Nunes me falou de Luarmina, seus brumosos passados. O pai era um grego, um desses pescadores que arrumou rede em costas de Moçambique, do lado de 1á da baía de S. Vicente. Já se antigamentara há muito. A mãe morreu pouco tempo depois. Dizem que de desgosto. Não devido da viuvez, mas por causa da beleza da filha. Ao que parece, Luarmina endoidava os homens graúdos que abutreavam em redor da casa. A senhora maldizia a perfeição de sua filha. Diz-se que, enlouquecida, certa noite intentou de golpear o rosto de Luarmina. Só para a esfeiar e, assim, afastar os candidatos.

 

Depois da morte da mãe, enviaram Luarmina para o lado de cá, para ela se amoldar na Missão, entregue a reza e crucifixo. Havia que arrumar a moça por fora, engomá-la por dentro. E foi assim que ela se dedicou a linhas, agulhas e dedais. Até se transferir para sua actual moradia, nos arredores de minha existência.

 

Só bem depois de me retirar das pescarias é que dei por mim a encostar desejos na vizinha. Comecei por cartas, mensagens à distância. À custa de minhas insistências namoradeiras Luarmina já aprendera as mil defesas. Ela sempre me desfazia os favores, negando-se. – Me deixa sossegada, Zeca. Não vê que eu já não desengomo lençol? – Que ideia, Dona vizinha? Quem lhe disse que eu tinha essa intenção? Todavia, ela tem razão. Minhas visitas são para lhe caçar um descuido na existência beliscar-lhe uma ternura. Só sonho sempre o mesmo: me embrulhar com ela, arrastado por essa grande onda que nos faz inexistir. Ela resiste, mas eu volto sempre ao lugar dela. – Dona Luarmina, o que é isso? Parece ficou mesmo freira. Um dia, quando o amor lhe chegar, você nem o vai reconhecer… – Deixe-me, Zeca. Eu sou velha, só preciso é um ombro.

 

Confirmando esse atestado de inutensílio, ela esfrega os joelhos como se fossem eles os culpados do seu cansaço. As pernas dela da maneira como incham, dificultam as vias do sangue. Lhe icebergam os pés, a gente toca e são blocos de gelo. E ela sempre se queixa. Um dia aproveitei para me oferecer: – Quer que lhe aqueça os pés? Arrepiando expectativa, ela até aceitou. Até eu fiquei assim, meio desfisgado, o coração atropelando o peito. – Me aquece, Zeca? – Sim, aqueço mas… pela parte de dentro.

 

Mia Couto

Excerto do livro “Mar Me Quer“.

 

Retirado de Revista Pazes


publicado por olhar para o mundo às 09:13
link do post | comentar | favorito

Frases de Fernando Sabino no Facebook - Façamos da interrupção um caminho novo, da queda um passo de dança ...

sabino.jpg

 

 

Façamos da interrupção um caminho novo, da queda um passo de dança, do medo uma escada, do sonho uma ponte, da procura um encontro

 

Fernando Sabino

 


publicado por olhar para o mundo às 08:13
link do post | comentar | favorito

Mahmundi - Hit

 

Letra

 

Final de verão
Fiz um hit
Pra entoar você
As horas parecem não ter fim
Na cidade
No meu coração

Fiz um disco
Pra me lembrar você
Tanto querer tanto sim
Nessas horas
Pra ser bem melhor assim
Já é
Pra ter tudo que quer
Sem deixar pra depois

 


publicado por olhar para o mundo às 01:13
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Novembro de 2016

Frases do Facebook - No Japão, o único profissional que não precisa de se curvar diante do imperador é o professor

professores2.jpg

 

No Japão, o único profissional que não precisa de se curvar diante do imperador é o professor

Segundo os japoneses, numa terra onde não há professores não pode haver imperadores

 


publicado por olhar para o mundo às 21:13
link do post | comentar | favorito

Frases de Osho no Facebook - Sempre que houver alternativas, tenha cuidado. Não opte pelo conveniente, pelo confortável, pelo respeitável

alternativas.jpg

 

 

Sempre que houver alternativas, tenha cuidado. Não opte pelo conveniente, pelo confortável, pelo respeitável, pelo socialmente aceitável, pelo honroso.
Opte pelo que faz o seu coração vibrar. Opte pelo que gostaria de fazer, apesar de todas as consequências.

 

Osho

 


publicado por olhar para o mundo às 17:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - A vida de uma pessoa livre é considerada ofensiva para todos os que vivem presos a aparências e regras

livre.jpg

 

 

A vida de uma pessoa livre é considerada ofensiva para todos os que vivem presos a aparências e regras

 


publicado por olhar para o mundo às 12:13
link do post | comentar | favorito

Jean Philippe Martley feat Eduardo Pain O amor e meu

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 


publicado por olhar para o mundo às 10:13
link do post | comentar | favorito

Mundo bom se faz com bondade - Raquel Alves

mundo bom.jpeg

 

 

Quem é mais conhecido nos dias de hoje? A Madre Teresa de Calcutá ou Hitler? A Irmã Dulce ou Osama Bin Laden?


De alguma maneira parece que a força dos maus é superior à força dos bons. Pois aqueles que se dedicam à bondade seguem a voz da própria alma. Se alimentam da simplicidade, da compaixão e do amor. Já aqueles que se tornaram ícones da maldade humana foram atraídos pela ganância, e pelo poder. A bondade alimenta o indivíduo que a pratica.

 

A maldade alimenta o poder e o domínio do seu líder. Por isso a herança de horror e sofrimento vividos na era da Alemanha nazista carrega uma força muito superior ao legado de bondade deixado pela Madre Teresa de Calcutá. É uma questão de escala. Os praticantes da maldade, ao longo da história da humanidade, conseguiram atingir muito mais gente que os que se dedicaram à paz e à bondade.

 

Os homens são dotados de inteligência estratégica certamente para um objetivo positivo. Mas essa mesma inteligência, se aliada ao desejo negativo, pode provocar as maiores atrocidades… Por isso que a história humana já assistiu explosões de bombas atômicas, guerras, escravidões, golpes militares e demais horrores. E a herança deixada no rastro do tempo demora a se dissipar.
 

Mundo bom se faz com bondade. Não importa em que escala. Creio que o futuro que queremos está nas mãos de vários que, pouco a pouco semeiam beleza e paz no mundo. Meu pai contava que numa visita à Italia conheceu um pé de caqui “neto” de um raro sobrevivente das explosões das bombas atômicas de Hiroshima e Nagasaki. Emocionado, pediu autorização para pegar três folhas da frondosa árvore e as enquadrou, como símbolo de vida. Hoje elas estão comigo na minha sala. Não podia ser diferente… Árvores são mansas e têm o dom de se reconstruir lentamente, sem esperar que outros a assistam.

 

Como Alberto Caeiro escreveu:
Sejamos simples e calmos,
como os regatos e árvores,
e Deus amar-nos-á fazendo de nós
belos como as árvores e os regatos,
e um rio aonde ir ter quando acabemos…

 

Eu sonho com um mundo manso e pacífico… Espero que a natureza seja a nossa mestra até que a força dos bons deixe a maldade cair no esquecimento…

 

Arquiteta por formação, hoje dedica-se integralmente a presidir o Instituto Rubem Alves, criado para manter vivo o pensamento de seu pai, difundir a sua obra e capacitar novos mestres.
 
Retirado de Revista Pazes
 
 

publicado por olhar para o mundo às 09:13
link do post | comentar | favorito

Frases do Facebook - É mais fácil construir crianças fortes do que consertar homens quebrados

construir.jpg

 

É mais fácil construir crianças fortes do que consertar homens quebrados

 


publicado por olhar para o mundo às 08:13
link do post | comentar | favorito (1)

Direitos de Autor


Todas as imagens que estão no blog foram retiradas do Facebook, muitas delas não tem referência ao autor ou à sua origem, se porventura acha que tem direitos sobre alguma e o conseguir provar, por favor avise-me que será retirada de imediato.

.mais sobre mim

.pesquisar

 




Direitos de Autor


Todas as imagens que estão no blog foram retiradas do Facebook, muitas delas não tem referência ao autor ou à sua origem, se porventura acha que tem direitos sobre alguma e o conseguir provar, por favor avise-me que será retirada de imediato

.posts recentes

. Frases de Mia Couto - A m...

. O maior pedido de desculp...

. Não estou interessado em ...

. Não podes reescrever o pa...

. Gosto quando não tenho de...

. Gregory Porter - Smile

. Luis Fonsi, Demi Lovato -...

. Frases do Facebook - às v...

. Frases do Facebook - Nunc...

. Frases do Facebook - Resp...

.mais comentados

.últ. comentários

Maomé matou numa semana uma tribo inteira de judeu...
Lamento mas o texto não é de Santo Agostinhohttp:/...
Ola Jorge,Muito grata por sua pronta resposta e po...
OláJá corrigi o post e atribuí o nome correcto na ...
Olá, quero deixar registrado aqui que esta frase d...
Um grande politico.Uma grande perda para Portugal.
Verdade Universal.
É como eu tenho dito e inclusive escrito sobre ist...
Perdi meu marido há quanto meses.ainda tenho tudo ...
Muitíssimo bom!

.arquivos

. Outubro 2018

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

.tags

. imagem

. facebook

. frases

. pensamentos

. vídeo

. música

. lyrics

. letra

. vida

. textos

. amor

. humor

. anedota

. piada

. pessoas

. mulher

. imagens do facebook

. cartoon

. felicidade

. amar

. coração

. homem

. miguel esteves cardoso

. viver

. tempo

. mia couto

. mulheres

. imagens

. poesia

. mundo

. ser feliz

. crianças

. política

. fernando pessoa

. educação

. filhos

. poema

. sonhos

. aprender

. criança

. mãe

. animais

. palavras

. pensar

. liberdade

. medo

. natal

. respeito

. silêncio

. caminho

. amigos

. pensamento

. paz

. portugal

. dinheiro

. ser

. alma

. clarice lispector

. dor

. sorrir

. josé saramago

. mafalda

. mudar

. passado

. coragem

. recados

. amizade

. desistir

. escolhas

. beleza

. morte

. ricardo araújo pereira

. falar

. fazer

. feliz

. homens

. país

. pais

. coisas

. cultura

. povo

. religião

. sabedoria

. sentimentos

. verdade

. educar

. livros

. sorriso

. chuva

. ensinar

. problemas

. saudade

. acreditar

. olhar

. osho

. pessoa

. sentir

. abraço

. adopção

. chorar

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds